sábado, 5 de novembro de 2011

Uma mensagem para quem tem orçamento apertado (e mais um pouco sobre custo da igreja)

Transcrevo abaixo uma resposta que escrevi a um email de uma pessoa preocupada se conseguiria fazer seu casamento com pouco dinheiro. Outras pessoas responderam também e a questão que ficou para mim foi: para ter o casamento dos seus sonhos é preciso se endividar?


Escrevi um trabalho (felizmente premiado e que me rendeu R$ 12.000, devidamente usado na viagem para Europa, quando fiquei noiva de surpresa, isso é assunto para outro post), sobre Consumidores superendividados e confesso que me incomoda muito toda atmosfera para que se faça dívidas como se não houvesse amanhã. Para dívida sempre haverá amanhã, para o amor (infelizmente) nem sempre.
Por tanto, um leve choque de realidade e uma prova de que é possível realizar um sonho com um orçamento real.
===
Eu gastei uns R$ 16.000 no ano passado, isso incluindo papelada, roupa, casamento na igreja com festa para 100 pessoas, noite de nupcias num hotel em Copacabana, 2 fotógrafos e 2 filmando.


Mas pesquisei muito. Deixei sim de fazer uma coisa ou outra que queria. Escolhi um fotógrafo que gostei, mas gostei muito tb de outros que eram mais caros, por exemplo. Queria contratar um serviço a parte de fotos que faz uma revista no final, mas seria um supérfluo que precisei cortar. Fui prática e mantive meu sonho dentro da minha realidade para terminar tudo sem crediário.

Ganhamos presentes que somaram cerca de R$ 16.000, no final fizemos uma festa deliciosa, tivemos muitas recordações, e praticamente montamos a casa.

Ou seja, se não tivéssemos feita a festa iríamos gastar do mesmo jeito para comprar geladeira, máquina de lavar, cama, fogão, som, rack, estante, DVD player (ganhamos um player e um player gravador maravilhoso), copos, talheres, jogos de pratos, vasilhas para servir comida, sofá, mesa de jantar, batedeira, liquidificador, torradeira, faca elétrica, CD player e caixa de som para o carro, GPS, entre outros muitos presentes que adoramos.

Valeu MUITO a pena, mas meu conselho para quem não tem um orçamento grande é: não caia no "já que". Isso foi dito para mim por uma cerimonialista/decoradora e adorei. Ela comentou que o céu é o limite e que as pessoas tendem a cair nessa do "já que estou fazendo isso faço mais aquilo", "já que" qualquer coisa... serve para você convidar mais e mais gente, escolher o salão mais caro, etc. etc. etc.

Ah, minha avó, quando soube que casaríamos, falou que nos daria R$ 20.000. Amamos, claro! Mas... ela deu R$ 5.000 e depois nada mais. Sorte que nos mantivemos sempre com o nosso orçamento e, como falei para o Fernando, se ela desse o dinheiro serviria para recompor a poupança e não para cairmos no "já que".

Não quero desanimar ninguém, só dizer que é possível sim manter um orçamento, se casar com uma festa lista e inesquecível e não terminar estressado com uma dívida logo após a volta da lua de mel e da realidade

Se jogue no casamento, no amor, na cumplicidade, na amizade, mas não no cheque especial ou no crediário.


Beijos e seja feliz :)


Ah, e não caia na balela de "estão fazendo muito isso", "isso está se usando muito". Faça como você gosta, porque modismo passa e depois as fotos ficam. rs


Essas fitas no corredor da igreja, por exemplo, eu resgatei de uma foto que vi do casamento da minha mãe (dias antes de fechar a decoração) que foi na mesma igreja. Adorei!
"Não se usa mais", foi o que a floricultura disse. 
Mas consegui convencer as outras 3 noivas que além de mais barato seria menos arriscado, já que entrariam com vestidos armados abraçadas aos seus pais, além do que seria mais barato que as heras tão usadas. Deu certo! :)
Não falei que para mim seria uma questão afetiva (e que para mim eram mais bonitas). Apelei para o que seria interessante para elas.
Enxuguei um pouco mais o custo da decoração da igreja e consegui usar as fitas que tinha sonhado.
Viu, isso é só uma das situações em que deu sim, para realizar um desejo com um "orçamento pé no chão". 

Informação útil: essa capela cobrou apenas R$ 250. Sim, é sério. 

É uma capela tradicional, com estacionamento privativo, segurança e que pertence ao Palácio Guanabara, onde o Governador trabalha.
E, antes, quem frequentava eram os presidentes até a capital do país mudar para Brasília. Chique assim. :)

2 comentários:

Anônimo disse...

Roberta, vc n tem ideia de como tem me ajudado!!! Vou casar dia 14 de julho no Gurilandia! :)
Adorei o lounge que vc fez estou pensando em fazer um tb!!! Mas estou com tantas duvidas...rs A cor do casamento por exemplo, lá tem tantas cores, laranja, verde... Queria rosa mas acho que n dá!! Meu dilema atual tb é Buffet, meu casamento será para 180 pessoas... To pensando em fazer 2 mesas de frios, pastinhas, paes, canapes, salgadinho, Bolo, bem casados e docinho, o que acha? Ja ganhei (da minha familia, Bolo, bem casados e doces) Sabe algum buffet em conta que faça assim? Concordo com vc dentro do meu orçamento! Eu prefiro fazer algo assim e chamar todo mundo que eu quero do que fazer um mega jantar e deixar muitos de fora!!
Querida quero novamente agradecer, seu blog e o maximooooo! Vcs são uns fofos! Quem deus te abençoe cada vez mais!!! :) Bjs Lily Levy

Anônimo disse...

Meu e-mail é lilylevy@globo.com
:)
Bjs Li

Related Posts with Thumbnails